Relógios piloto: voe como uma águia

pilot watches header

O relógio piloto de pulso é um instrumento que está presente no cockpit desde os primórdios da aviação. Propomos uma vasta gama de relógios piloto e aviador, de marcas bem conhecidas como Citizen, Hamilton, SJunkers. Os relógios piloto são os relógios ideais para viajantes e homens de negócios. Eles frequentemente possuem um clássico e luxuoso relógio com aspecto elegante, com braceletes de couro, que ficam igualmente bem com um vestuário descontraído. os pilotos profissionais vão provavelmente preferir os modernos relógios aviador que apresentam funcionalidades especificamente estudadas para aviação.

156 relógios
Género
Marcas
+ Mostrar todas as opções...
Preço
Tipo Bracelete
Diâmetro
Movimento
Resistência à Água
Ordenar vidro
Material
Cores
+ Mostrar todas as opções...
Cor do mostrador
+ Mostrar todas as opções...
Outros
+ Mostrar todas as opções...
123

 

Quais são as características de um relógio piloto? 

Os relógios piloto podem ser sensivelmente separados em dois grupos:

- relógios piloto clássicos

- relógios piloto modernos.

O relógio piloto clássico é geralmente um relógio maior com grandes e legíveis números das horas, um triângulo a marcar a posição das 12 horas, uma grande coroa (em forma de cebola) e uma robusta bracelete de couro pespontada ou rebitada. O relógio frequentemente apresenta uma função GMT e/ou um cronógrafo com taquímetro.

Modernos relógios aviador e relógios astronauta são relógios tecnologicamente avançados e resistentes a forças G, que apresentam bússolas, altímetros, fuso mundial, etc... e são definidos pelas suas funcionalidades e não pelo seu aspecto (o que não significa que não tenham um aspecto moderno).

 

O que faz um relógio piloto ser um relógio para pilotos?

 

Não se podem definir de uma forma rígida quais os atributos que deve ter um relógio de piloto. Existem cronógrafos, mas também modelos normais de corda manual e automáticos, e existem modelos com lunetas rotativas bidireccionais, para medir os tempos intermediários, e existem relógios de navegação, que permitem que se calcule as posições. De uma forma geral um relógio piloto apresenta as seguintes funcionalidades:

 

Um ponteiro GMT, normalmente  definido para o fuso horário de Greenwich, que permite que o piloto calcule as horas em diferentes fusos horários.

 

Existem igualmente relógios com réguas de cálculo logarítmicas com as quais podem ser calculadas distâncias de voo. A função de retorno também pode ser útil como uma complicação adicional nos cronógrafos de piloto, oferecendo uma forma simples (pressionando simplesmente um botão) a medição de tempos intermediários. Também é útil uma boa protecção contra a magnetização.

 

Outra característica muito distinta dos relógios de piloto é o marcador triangular com dois pontos de lado, na posição das 12 horas. Este marcador foi usado para orientar para cima o mostrador durante os voos nocturnos e era usado também como bússola solar para encontrar o verdadeiro norte da Terra, em conjunto com bússolas e gráficos de dados.

 

Uma função que foi inicialmente introduzida nos relógios militares foram os ponteiros com iluminação tritío. O tritío é um isótopo radioactivo que é luminoso no escuro, fornecendo 20 anos de iluminação.

 

Vários relógios piloto tem extensores de braceletes ou sistemas que permitem que o relógio seja usado por cima de um blusão de aviador.

 

 

 

Relógios piloto: historia e características

 

Nas primeiras cinco décadas da aviação, a navegação aérea confiou não só numa boa leitura de mapas, mas também na elevada precisão horária. O primeiro relógio de sempre para um piloto data de 1904 e foi criado pela Cartier. Este primeiro relógio piloto não se aproximava nem remotamente dos relógios de aviação posteriores, porque além de serem fiáveis e de leitura simples, eram elegantes.

 

Relógios pilotos militares

 

Durante a Segunda Guerra Mundial o avião tornou-se um dispositivo essencial para vencer a guerra. Relógios de Navegação precisos tornaram-se altamente cruciais. O governo alemão exigiu a cinco relojoeiros que construíssem competentes B-uhren (Beobachtungs-uhren ou Relógios de Observação). Estes relógios de aviação tinham funções avançadas como anti-magnetismo e uma certificação cronómetro.

Os princípios básicos de design destes relógios piloto B-uhr são, até hoje, o que define um relógio piloto para muita gente.

 

Relógios piloto na era espacial

 

Com a chegada dos motores a jacto e das viagens no espaço, os anos 70 foram anos de bonança para os relógios de quartzo automáticos, pois a falta de gravidade e as elevadas forças G foram factores que tiveram influência na precisão de um relógio.

 

Modernos relógios piloto

 

Sem dúvida que, com todos os avanços tecnológicos e instrumentos integrados na navegação e sistemas de controlo do avião, os relógios piloto não são muito necessários. No entanto, os modernos relógios piloto tem funções que podem salvar vidas aos pilotos que forem abatidos. Como o Citizen Promaster Skyhawk que é usado pelos pilotos da Força Aérea Polaca. As complicações incluem um cronógrafo, um temporizador, dois alarmes, hora GMT e um calendário perpétuo. É alimentado a energia solar (não é preciso mudar as pilhas) e controlado por rádio, por isso não é necessário acertar manualmente a hora e indica todos os fusos horários. A característica final do Skyhawk que é tão peculiar nos relógios de aviação é a luneta chamada de régua lateral. Esta luneta permite que o utilizador do relógio execute diversos tipos de cálculos, incluindo aqueles relacionados com a aviação, como consumo de combustível. Também podem ser encontrados modelos usados no espaço, incluindo a linha Fortis Cosmonautis.